Puigdemont descarta renúncia como deputado e quer mediação internacional

Puigdemont descarta renúncia como deputado e quer mediação internacional

O ex-presidente catalão Carles Puigdemont descartou uma eventual renúncia ao seu mandato como deputado no parlamento da Catalunha e vincou a necessidade de mediação internacional para resolver o conflito em Espanha.

O ex-presidente catalão Carles Puigdemont descartou hoje uma eventual renúncia ao seu mandato como deputado no parlamento da Catalunha e vincou a necessidade de mediação internacional para resolver o conflito em Espanha.

LEIA MAIS: Puigdemont pagou fiança e saiu da cadeia alemã de Neumünster

Após ter saído, na sexta-feira, sob fiança, da prisão de Neumünster (norte da Alemanha), Carles Puigdemont deu hoje uma conferência de imprensa na capital alemã, Berlim, onde vai fixar por agora a sua residência.

Na ocasião, sublinhou que “não precisa” de renunciar ao seu mandato como deputado porque tem os “seus direitos intactos”.

Ressalvando que não pretende interferir na política alemã, vincou que o conflito na Catalunha necessita de mediação internacional, com ajuda “de outro país, diferente de Espanha, ou de uma organização internacional”.

ESPREITE AINDA: Justiça alemã ordena libertação imediata de Puigdemont

 


RELACIONADOS

Puigdemont descarta renúncia como deputado e quer mediação internacional

O ex-presidente catalão Carles Puigdemont descartou uma eventual renúncia ao seu mandato como deputado no parlamento da Catalunha e vincou a necessidade de mediação internacional para resolver o conflito em Espanha.