PSD propõe adiamento das eleições autárquicas por dois meses

O PSD vai apresentar projeto de lei que prevê adiamento das eleições autárquicas por dois meses, de forma a que possam realizar-se entre 22 de novembro e 14 de dezembro.

PSD propõe adiamento das eleições autárquicas por dois meses

PSD propõe adiamento das eleições autárquicas por dois meses

O PSD vai apresentar projeto de lei que prevê adiamento das eleições autárquicas por dois meses, de forma a que possam realizar-se entre 22 de novembro e 14 de dezembro.

O PSD vai apresentar um projeto de lei que prevê o adiamento das eleições autárquicas por dois meses, de forma a que possam realizar-se entre os dias 22 de novembro e 14 de dezembro, anunciou esta sexta-feira, 12 de fevereiro, o presidente do partido.

Numa conferência de imprensa, no Porto, Rui Rio considera que o regime excecional e temporário que o partido vai propor para as autárquicas é uma proposta “sensata” e que “defende a democracia” num contexto de pandemia de covid-19.

“Eu pergunto como é que, numas eleições autárquicas, se consegue fazer campanha sem poder contactar as pessoas”, questionou, argumentando que manter a data das autárquicas no calendário previsto serviria apenas “quem está no poder”.

De acordo com a lei eleitoral para os órgãos das autarquias locais, estas eleições são marcadas “por decreto do Governo com, pelo menos, 80 dias de antecedência” e realizam-se “entre os dias 22 de setembro e 14 de outubro do ano correspondente ao termo do mandato”.

Já nesta quinta-feira, o PAN anunciou que iria propor “nos próximos dias” alterações à lei eleitoral para assegurar “toda a segurança” aos eleitores nas autárquicas, incluindo que o sufrágio possa decorrer em dois dias, mas considerou precoce discutir um adiamento.

LEIA MAIS
Covid-19: Média diária de novos casos nesta semana foi a mais baixa do ano

Impala Instagram


RELACIONADOS