Primeiro ano de novo mandato de Nyusi trouxe “esperança”, diz partido no poder 

A Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder, considera que o primeiro ano do segundo mandato do Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, conseguiu dar “esperança” ao país, apesar do que classifica como “desafios”.

Primeiro ano de novo mandato de Nyusi trouxe

Primeiro ano de novo mandato de Nyusi trouxe “esperança”, diz partido no poder 

A Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder, considera que o primeiro ano do segundo mandato do Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, conseguiu dar “esperança” ao país, apesar do que classifica como “desafios”.

“Foi um ano atípico, complexo e difícil, mas um ano que trouxe esperança ao povo moçambicano”, referiu Caifadine Manasse, porta-voz do partido, citado pela Televisão de Moçambique.

Assinala-se hoje um ano após a cerimónia de posse de Filipe Nyusi, em Maputo e em que participaram dez chefes de Estado, incluindo o Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa.

Falando sobre a data, o porta-voz da Frelimo disse que no primeiro ano do novo mandato houve “esperança pela forma como o Presidente Filipe Nyusi conseguiu que todos os desafios se transformassem em contínua contribuição dos moçambicanos para o desenvolvimento do país”.

Os desafios, elencou, consistem nos conflitos armados e no impacto da pandemia de covid-19.

“A questão do terrorismo em Cabo Delgado está a criar problemas difíceis” no norte do país, assim como “a Junta Militar [da Renamo, oposição] no centro do país também vai criando problemas e complexidade”, detalhou.

“Com todos estes desafios impostos, aparece o [novo] coronavírus, um problema mundial, que afeta Moçambique”, referiu Manasse. 

Os tecidos “económico e social do nosso país estão a sofrer, Moçambique está a adaptar-se a estas conjunturas todas” e o Estado enfrenta “desafios para fazer tudo o que está ao seu alcance para que o povo esteja bem”.

A Associação dos Combatentes da Luta de Libertação Nacional (ACLIN), órgão social da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), aplaudiu também hoje em comunicado o aniversário da posse de Nyusi, referindo que os passos seguidos pelo chefe de Estado podem devolver a paz a Moçambique.

LFO //PJA

Lusa/fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS