Presidente polaco admite que míssil terá sido disparado pela Ucrânia

O Presidente polaco, Andrzej Duda, admitiu hoje que o míssil que matou duas pessoas na Polónia, na terça-feira, “tenha sido lançado pela Ucrânia”, mas disse que nada indica que tenha sido um “ataque intencional”.

Presidente polaco admite que míssil terá sido disparado pela Ucrânia

Presidente polaco admite que míssil terá sido disparado pela Ucrânia

O Presidente polaco, Andrzej Duda, admitiu hoje que o míssil que matou duas pessoas na Polónia, na terça-feira, “tenha sido lançado pela Ucrânia”, mas disse que nada indica que tenha sido um “ataque intencional”.

Duda declarou que a Polónia não vai invocar o artigo da NATO que prevê consultas entre aliados sempre que esteja ameaçada a “integridade territorial, a independência política ou a segurança” de qualquer dos estados-membros da Aliança Atlântica. O chefe de Estado disse aos meios de comunicação social em Varsóvia que “é muito provável que o míssil tenha sido fabricado na União Soviética” e que se trate de um modelo S300, segundo a agência espanhola EFE.

Impala Instagram


RELACIONADOS