Presidente do Parlamento Europeu lembra a Meloni “papel central” de Itália na UE

A presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, lembrou hoje à nova primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, na sua primeira reunião em Bruxelas, o “papel central” de Itália na União Europeia (UE), defendendo cooperação nesta crise energética e de preços.

Presidente do Parlamento Europeu lembra a Meloni

Presidente do Parlamento Europeu lembra a Meloni “papel central” de Itália na UE

A presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, lembrou hoje à nova primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, na sua primeira reunião em Bruxelas, o “papel central” de Itália na União Europeia (UE), defendendo cooperação nesta crise energética e de preços.

“Bem-vinda ao Parlamento Europeu, primeira-ministra, Giorgia Meloni. Itália sempre desempenhou um papel central na UE”, escreveu Roberta Metsola, numa publicação em italiano na rede social Twitter.

Na mensagem acompanhada de uma fotografia de ambas as responsáveis, a líder da assembleia europeia salientou que, “mais do que nunca — com a invasão russa da Ucrânia, o aumento dos preços da energia e o aumento da inflação — é necessário” que Itália e a UE se mantenham “unidas”.

“Somos mais fortes se estivermos juntas”, adiantou Roberta Metsola.

Giorgia Meloni participa hoje em Bruxelas em reuniões com os líderes das três principais instituições da UE, naquela que é a sua primeira visita à capital belga desde que assumiu funções.

Hoje de manhã, a nova primeira-ministra italiana vincou que, nestas ocasiões, iria defender um “trabalho conjunto” para enfrentar a acentuada crise energética.

“Hoje estarei em Bruxelas para me encontrar com as principais instituições europeias. A voz de Itália na Europa será forte: estamos prontos a enfrentar as grandes questões, começando pela crise energética, trabalhando em conjunto para uma solução de apoio às famílias e às empresas e para travar a especulação”, escreveu Giorgia Meloni na sua conta oficial do Twitter.

As tensões geopolíticas devido à guerra na Ucrânia têm afetado o mercado energético europeu desde logo porque a UE depende dos combustíveis fósseis russos, como o gás, e teme cortes no fornecimento este inverno, situação que já levou vários líderes europeus a defender trabalho conjunto para enfrentar esta crise energética.

Além de Roberta Metsola, Giorgia Meloni encontra-se hoje ao final da tarde com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

Giorgia Meloni, que ainda não se estreou nas cimeiras europeias — já que no Conselho Europeu de outubro esteve o seu antecessor, Mario Draghi –, não se encontrará hoje, porém, com o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, que se encontra em visita oficial à Turquia.

Vencedora das eleições legislativas em 25 de setembro, Giorgia Meloni vai governar com a coligação de direita e de extrema-direita — com a Liga, de Matteo Salvini, e com o Força Itália, de Silvio Berlusconi –, que tem maioria no novo parlamento.

ANE // APN

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS