Presidente do Cazaquistão propõe eleições antecipadas e mandato único de 7 anos

O Presidente do Cazaquistão, Kassym-Jomart Tokayev, propôs hoje a realização de eleições presidenciais antecipadas neste outono e a redução para sete anos do mandato do chefe de Estado, não renovável.

Presidente do Cazaquistão propõe eleições antecipadas e mandato único de 7 anos

Presidente do Cazaquistão propõe eleições antecipadas e mandato único de 7 anos

O Presidente do Cazaquistão, Kassym-Jomart Tokayev, propôs hoje a realização de eleições presidenciais antecipadas neste outono e a redução para sete anos do mandato do chefe de Estado, não renovável.

Tokayev, que está no poder no país da Ásia Central desde 2019, após a demissão do seu antecessor, Nursultan Nazarbayev, também propôs a realização de eleições parlamentares antecipadas na primeira metade de 2023.

Numa intervenção no parlamento de Nur-Sultan, Tokayev disse que tais medidas são necessárias para “reforçar a estrutura do Estado” e “o curso das reformas”, segundo a agência francesa AFP.

As próximas eleições presidenciais estavam agendadas para 2024.

Até agora, a duração do mandato é de cinco anos e não pode ser renovado mais de duas vezes seguidas.

Em janeiro deste ano, o Cazaquistão foi abalado por protestos pacíficos contra o aumento dos preços dos combustíveis, seguidos de motins em que morreram mais de 230 pessoas.

A Rússia enviou um contingente militar para restabelecer a ordem.

Esta foi a crise política mais grave na antiga república soviética desde a sua independência, em 1991.

Segundo observadores citados pela AFP, uma luta pelo poder entre Kassym-Jomart Tokayev e o clã de Nursultan Nazarbayev esteve no centro da violência, cujas causas permanecem pouco claras.

Em junho, as reformas constitucionais propostas por Tokayev para acabar com a era Nazarbayev foram adotadas num referendo.

A capital do Cazaquistão Astana passou a chamar-se Nur-Sultan em 2019, em honra do antecessor de Tokayev.

Nursultan Nazarbayev, 82 anos, foi o primeiro presidente do Cazaquistão, entre 1991 e 2019.

PNG // PDF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS