Presidente do Cazaquistão dissolveu o Parlamento e convocou eleições

O presidente do Cazaquistão, Kasim Tokayev, decretou hoje a dissolução da Câmara Baixa do Parlamento e anunciou eleições antecipadas para o próximo dia 19 de março.  

Presidente do Cazaquistão dissolveu o Parlamento e convocou eleições

Presidente do Cazaquistão dissolveu o Parlamento e convocou eleições

O presidente do Cazaquistão, Kasim Tokayev, decretou hoje a dissolução da Câmara Baixa do Parlamento e anunciou eleições antecipadas para o próximo dia 19 de março.  

“Conforme a Constituição, após realização das consultas com os presidentes das câmaras do Parlamento e com o primeiro-ministro, assinei os decretos de dissolução da Câmara Baixa do Parlamento (e dos parlamentos regionais)”, assinalou o chefe de Estado num comunicado difundido hoje em Astana. 

“As eleições antecipadas dos deputados vão decorrer a 19 de março de 2023”, referiu, acrescentando que compete à Comissão Eleitoral marcar a data das eleições regionais. 

Tokayev expressou confiança de que a “renovação dos deputados vai conferir um novo impulso à modernização total” do país e defendeu que as eleições respondem “à lógica da reforma constitucional apoiada pela cidadania no referendo nacional”, que se realizou no ano passado.

As novas normas de eleição parlamentar, disse ainda Tokayev, estabelecem que 70% dos representantes da Câmara Baixa são eleitos pelas listas partidárias e os restantes 30 por cento pelos representantes dos distritos. 

No passado dia 14 de janeiro, o Cazaquistão realizou eleições para o Senado, composto por 50 deputados, metade dos quais é renovada de três em três anos. 

  

PSP // APN

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS