Presidente de Itália rejeita demissão de Draghi e remete decisão para o parlamento

O Presidente de Itália, Sergio Mattarella, não aceitou hoje a demissão do primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, e pediu-lhe para se apresentar no parlamento e verificar se continua a garantir uma maioria para governar.

Presidente de Itália rejeita demissão de Draghi e remete decisão para o parlamento

Presidente de Itália rejeita demissão de Draghi e remete decisão para o parlamento

O Presidente de Itália, Sergio Mattarella, não aceitou hoje a demissão do primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, e pediu-lhe para se apresentar no parlamento e verificar se continua a garantir uma maioria para governar.

“O Presidente da República não aceitou a demissão e convidou o presidente do Governo a apresentar-se perante o parlamento para dar explicações e para que nessa sede se faça uma avaliação da situação que foi originada na sequência dos debates de hoje no Senado”, indica um comunicado da Presidência italiana.

Draghi apresentou a sua demissão a Mattarella após um dos principiais parceiros da coligação, o Movimento Cinco Estrelas (M5S), ter indicado que não o apoiaria numa moção de confiança apresentada no Senado (câmara alta do parlamemto).

O M5S absteve-se na votação da moção, ao contrário dos restantes parceiros da heterogénea coligação que viabilizaram a moção de confiança, que obteve 172 votos a favor e 39 contra.

PCR // SCA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS