Presidente de Angola muda administrações da televisão, jornal e agência estatais

Presidente de Angola muda administrações da televisão, jornal e agência estatais

O Presidente angolano, João Lourenço, decretou hoje mudanças nas administrações da Televisão Pública de Angola (TPA) e da agência noticiosa ANGOP, bem como do grupo editorial que controla o Jornal de Angola, três empresas estatais de comunicação social.

Segundo um comunicado da Casa Civil do Presidente da República, enviado hoje à Lusa, na TPA foram exonerados de funções Bidima Mateya Jorge (administrador executivo para a Área Financeira), Leonel da Conceição Abel Martins e António Baptista (ambos administradores não executivos) e nomeados Rui Carlos Cardoso Ramos (administrador executivo para a Área Administrativa e Financeira), José Graça Mendes e Mariana Ribeiro de Carvalho Costa (os dois como administradores não executivos).

No conselho de administração da agência Angola Press (ANGOP) foram exonerados Manuel Luzito André (administrador executivo para a Área Técnica), Lourenço João Miguel Mutepa (administrador executivo para a Área de Marketing e Intercâmbio) e Anastácio Pinto Emídio de Brito e Júlia Maria Dias Rodrigues Mingas (ambos administradores não executivos).

Para os seus lugares, João Lourenço nomeou João Amadeu João Simão (administrador executivo para a Área Técnica), Emanuel Daniel Catumbela (administrador executivo para a Área de Multimédia) e Leona Timóteo Capindissa Graneira e Gaspar Francisco (para cargos de administradores não executivos).

No conselho de administração da Edições Novembro – que publica o Jornal de Angola – foram exonerados Carlos Alberto da Costa Faro Molares D’Abril (administrador executivo para a Área Técnica), Mateus Francisco João dos Santos Júnior (administrador executivo para a Área de Marketing, Publicidade e Vendas) e Catarina Vieira Dias da Cunha e Olímpio de Sousa e Silva (ambos como administradores não executivos).

Para integrarem o conselho de administração da Edições Novembro foram nomeados Rui André Marques Upalavela (administrador executivo para a Área Técnica), Luena Cassonde Ross Guinapo (administradora executiva para a Área de Marketing e Comercialização) e Filomeno Jorge Manaças (administrador não executivo).

A atual composição das administrações destas três empresas estatais de comunicação social tinha sido definida, também por decreto presidencial, em novembro de 2017, já com João Lourenço nas funções de Presidente da República de Angola.

JSD // PVJ

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Presidente de Angola muda administrações da televisão, jornal e agência estatais

O Presidente angolano, João Lourenço, decretou hoje mudanças nas administrações da Televisão Pública de Angola (TPA) e da agência noticiosa ANGOP, bem como do grupo editorial que controla o Jornal de Angola, três empresas estatais de comunicação social.