Presidente das mulheres empresárias da Guiné-Bissau pede mais apoio da CPLP

A presidente da confederação das mulheres empresárias da Guiné-Bissau, Munira Jauad, defendeu hoje um maior envolvimento da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP) na promoção do empreendedorismo feminino.

Presidente das mulheres empresárias da Guiné-Bissau pede mais apoio da CPLP

Presidente das mulheres empresárias da Guiné-Bissau pede mais apoio da CPLP

A presidente da confederação das mulheres empresárias da Guiné-Bissau, Munira Jauad, defendeu hoje um maior envolvimento da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP) na promoção do empreendedorismo feminino.

“A CPLP deve fazer mais pelas mulheres empresárias”, afirmou aos jornalistas à margem do Fórum das Mulheres Empresárias da CPLP, que decorreu na Faculdade de Direito em Bissau, no âmbito do Dia Língua Portuguesa e da Cultura daquela organização.

Para Munira Jauad, o fórum serve precisamente para as mulheres falarem sobre a CPLP, as suas potencialidades e exporem as suas expectativas em relação ao empreendedorismo feminino.

“A CPLP tem uma missão muito importante e vamos desafiá-la a apoiar o empreendedorismo feminino”, disse, salientando que há necessidade de criar fundos de créditos especializados para as mulheres.

A empresária guineense recordou também que a “mulher na Guiné-Bissau e em todo o lado do mundo ocupa hoje um papel muito importante na economia das famílias”.

MSE // PVJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS