Presidente brasileiro deverá receber líderes de partidos para fazer alianças

O ministro da Casa Civil do Brasil, Onyx Lorenzoni, disse hoje que o Presidente, Jair Bolsonaro, irá receber líderes de diversos partidos políticos a partir de quinta-feira para firmar bases e construir alianças no Congresso.

Presidente brasileiro deverá receber líderes de partidos para fazer alianças

Presidente brasileiro deverá receber líderes de partidos para fazer alianças

O ministro da Casa Civil do Brasil, Onyx Lorenzoni, disse hoje que o Presidente, Jair Bolsonaro, irá receber líderes de diversos partidos políticos a partir de quinta-feira para firmar bases e construir alianças no Congresso.

Bolsonaro e a sua equipa procuram aliados para aprovar uma mudança profunda no sistema de pagamento de pensões por reforma, projeto cuja aprovação é considerada a prioridade máxima do Governo para fazer a economia do país voltar a crescer.

Na declaração, divulgada pela imprensa local, Lorenzoni destacou que Bolsonaro deve “abrir as portas do Governo” aos partidos de centro-direita.

Na quinta-feira, Bolsonaro irá receber os dirigentes do Partido Republicano Brasileiro (PRB), Partido Social Democrático (PSD), Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Partido Progressista (PP), Democratas (DEM) e Movimento Democrático Brasileiro (MDB).

Na próxima semana, o chefe de Estado brasileiro irá reunir-se com membros do Partido Social Liberal (PSL), Solidariedade (SD), Partido Republicano (PR) e Podemos.

As reuniões são mais um sinal de que Bolsonaro tentará firmar uma trégua após uma série de ataques feitos por ele e seus aliados próximos contra parlamentares do país, que disseram ser integrantes da “velha política”, ou seja, pessoas que procuram vantagens e indicações de cargos públicos para votar projetos do Governo.

O ministro Lorenzoni confirmou que as reuniões têm o objetivo de conseguir apoio para aprovar as alterações nas leis sobre o sistema de pagamento de pensões por reforma.

Bolsonaro deverá chegar ao Brasil na madrugada de quinta-feira depois de uma viagem oficial de quatro dias que fez ao Estado de Israel.

CYR // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS