Presidenciais: Assembleias de voto fecharam em Portugal Continental e na Madeira

As assembleias de voto para as eleições presidenciais encerraram às 19h00 de Portugal Continental e na Madeira, fechando uma hora depois nos Açores, devido à diferença horária.

Presidenciais: Assembleias de voto fecharam em Portugal Continental e na Madeira

Presidenciais: Assembleias de voto fecharam em Portugal Continental e na Madeira

As assembleias de voto para as eleições presidenciais encerraram às 19h00 de Portugal Continental e na Madeira, fechando uma hora depois nos Açores, devido à diferença horária.

As assembleias de voto para as eleições presidenciais encerraram às 19h00 de Portugal Continental e na Madeira, fechando uma hora depois nos Açores, devido à diferença horária.

Mais de 10.8 milhões de eleitores foram chamados a escolher o novo Presidente da República, sendo sete os candidatos aceites a sufrágio.

Se um dos candidatos obtiver mais de 50 por cento dos votos expressos, será eleito já este domingo chefe de Estado. Caso contrário haverá uma segunda volta, a 14 de fevereiro, com os dois concorrentes mais votados.

Os sete candidatos apareceram no boletim de voto pela seguinte ordem: Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Marcelo Rebelo de Sousa (PSD e CDS/PP) Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans, João Ferreira (PCP e PEV) e a militante do PS Ana Gomes (PAN e Livre).

Para o sufrágio de hoje estavam inscritos 10.865.010 eleitores, mais 1.208.536 do que nas eleições presidenciais de 2016.

LEIA MAIS
Presidenciais: Afluência às 16h00 é a segunda mais baixa desde 2006

Impala Instagram


RELACIONADOS