PR timorense saúda primeiros atletas medalhados e pede mais apoio ao desporto

PR timorense saúda primeiros atletas medalhados e pede mais apoio ao desporto

O Presidente da República timorense saudou hoje os atletas que conquistaram, nos Asian Para Games, as primeiras medalhas de sempre para Timor-Leste numa competição internacional, apelando ao Governo para apostar mais no desenvolvimento do desporto.

Francisco Guterres Lu-Olo disse ser essencial promover, em particular o desporto escolar para, entre outros aspetos, melhorar a saúde da população, mas também para ajudar a fortalecer a sociedade.

“Para o desporto poder florescer temos que estabelecer infraestruturas e formar professores e treinadores das várias modalidades”, disse, destacando o esforço nesse sentido feito pela Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), que tem um bacharelato de professores de Educação Física desde 2010.

Teófilo Freitas, que conquistou duas medalhas de ouro, e Pascoela dos Santos Pereira, que conquistou o bronze – as primeiras para Timor-Leste -, foram recebidos como heróis no domingo passado quando chegaram a Díli depois de competirem na 3ª edição dos Asian Para Games.

Teófilo Freitas, que tem dificuldades motoras, fez história com a conquista do primeiro ouro para Timor-Leste em qualquer competição internacional, com vitórias nos 400 metros, onde obteve um recorde asiático, e nos 1.500 metros, com registo máximo da competição.

No último dia da prova, nos 1.500 metros, Freitas obteve o tempo de 4.32,74 minutos, ficando à frente do tailandês Surasaj Damchoom e do iraquiano Ali Rsaitmawi.

O atleta já tinha conseguido, dias antes, o feito de conquistar o primeiro ouro, estabelecendo um recorde asiático nos 400 metros na final da prova.

Vídeo da cerimónia de medalhas e do hino timorense, em português, a ser tocado no estádio em Jacarta, foi partilhado dezenas de milhares de vezes nas redes sociais.

A primeira atleta a escrever história – dando a primeira medalha de sempre a Timor-Leste -, foi Pascoela dos Santos Pereira, que conquistou bronze em ténis de mesa.

Lu-Olo aproveitou a cerimónia de hoje para deixar igualmente apelos aos esforços de maior inclusão na sociedade timorense, salientando que todos podem, com a sua capacidade e sabedoria, contribuir para o desenvolvimento do país.

Políticas de igualdade e inclusão, disse, ajudam a fortalecer a independência do país.

Teófilo Freitas e Pascoela dos Santos tornaram-se assim, disse, embaixadores de Timor-Leste, com Freitas a encher de orgulho o país e Santos a ser um exemplo que pode ajudar a fortalecer o êxito das mulheres timorenses.

O Presidente da República recordou as leis em vigor em Timor-Leste no setor do desporto e o diploma ministerial de 2017 que define a atribuição de prémios monetários a quem se destaque em competições internacionais.

Lu-Olo referiu ainda que a Comissão Nacional do Desporto e o Governo timorense vão em conjunto analisar a prestação dos atletas determinando o valor monetário do prémio a atribuir.

ASP // MIM

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

PR timorense saúda primeiros atletas medalhados e pede mais apoio ao desporto

O Presidente da República timorense saudou hoje os atletas que conquistaram, nos Asian Para Games, as primeiras medalhas de sempre para Timor-Leste numa competição internacional, apelando ao Governo para apostar mais no desenvolvimento do desporto.