PR da Guiné-Bissau ouve CNE sobre possibilidade de dissolver parlamento e convocar eleições

O chefe de Estado da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, reuniu-se hoje com a Comissão Nacional de Eleições para debater a possibilidade de dissolver a Assembleia Nacional Popular e convocar eleições legislativas antecipadas, disse o presidente daquele órgão eleitoral.

PR da Guiné-Bissau ouve CNE sobre possibilidade de dissolver parlamento e convocar eleições

PR da Guiné-Bissau ouve CNE sobre possibilidade de dissolver parlamento e convocar eleições

O chefe de Estado da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, reuniu-se hoje com a Comissão Nacional de Eleições para debater a possibilidade de dissolver a Assembleia Nacional Popular e convocar eleições legislativas antecipadas, disse o presidente daquele órgão eleitoral.

“Nós viemos aqui no quadro da auscultação que o Presidente está a fazer sobre a possibilidade de vir a dissolver a Assembleia Nacional Popular e organizar, portanto, eleições antecipadas”, afirmou aos jornalistas o presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), José Pedro Sambú.

O presidente da CNE explicou aos jornalistas que informou Umaro Sissoco Embaló que para realizar eleições legislativas antecipadas é “preciso observar alguns aspetos pré-eleitorais, concretamente atualização da cartografia eleitoral e do recenseamento eleitoral para depois organizar as eleições”.

“Pensamos enquanto órgão eleitoral que demos a opinião ao Presidente para possível tomada de posição”, salientou.

Questionado sobre se há possibilidade de realizar eleições num prazo de 90 dias, José Pedro Sambu afirmou que tecnicamente é possível.

MSE // VC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS