PR da Guiné-Bissau convoca cimeira extraordinária da CEDEAO para debater segurança

O chefe de Estado guineense e presidente em exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Umaro Sissoco Embaló, convocou uma cimeira extraordinária da organização para debater a segurança sub-regional, anunciou hoje a Presidência guineense.

PR da Guiné-Bissau convoca cimeira extraordinária da CEDEAO para debater segurança

PR da Guiné-Bissau convoca cimeira extraordinária da CEDEAO para debater segurança

O chefe de Estado guineense e presidente em exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Umaro Sissoco Embaló, convocou uma cimeira extraordinária da organização para debater a segurança sub-regional, anunciou hoje a Presidência guineense.

Segundo a informação avançada na página oficial do Facebook da Presidência da Guiné-Bissau, a cimeira extraordinária deverá ocorrer entre 13 e 14 de outubro, em Dacar, no Senegal, e contará com a presença dos principais parceiros internacionais da sub-região.

O objetivo da cimeira é “conseguir um debate sério e aprofundado” e uma “urgente concertação” em matéria de segurança, tendo em conta os golpes de Estado registados no Mali, Guiné-Conacri, Burkina Faso, bem “ações terroristas desencadeadas por jihadistas, que têm atingido alguns países da África Ocidental e Central”.

“Assim e na procura de uma estratégia e de ações concertadas entre os países da CEDEAO e os seus principais parceiros de desenvolvimento, o General Umaro Sissoco Embaló, deslocou-se segunda-feira a Paris, onde manteve um encontro de trabalho com o seu homólogo francês, Emmanuel Macron, cujo tema centrou-se na atual situação política que se vive ao nível da África Ocidental e Central, a exemplo do que fez em Nova Iorque com os primeiros-ministros da Alemanha, Portugal e com a União Europeia”, refere a Presidência guineense.

 

MSE // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS