Portugal volta ao mercado para colocar até 1.250 ME em dívida a 10 e 15 anos

Portugal realiza hoje dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT) a cerca de 10 e 15 anos com um montante indicativo global entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

Portugal volta ao mercado para colocar até 1.250 ME em dívida a 10 e 15 anos

Portugal volta ao mercado para colocar até 1.250 ME em dívida a 10 e 15 anos

Portugal realiza hoje dois leilões de Obrigações do Tesouro (OT) a cerca de 10 e 15 anos com um montante indicativo global entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

As maturidades das OT são em 17 de outubro de 2031 (cerca de 10 anos) e em 12 de outubro de 2035 (cerca de 15 anos).

No anterior leilão comparável a 10 anos, em 10 de março, Portugal colocou 625 milhões de euros em OT com maturidade em 18 de outubro de 2030 à taxa de juro de 0,237%, superior à de -0,012% registada num leilão com prazo semelhante em 13 de janeiro.

A procura cifrou-se em 1.451 milhões de euros, 2,32 vezes o montante colocado.

Em relação ao prazo mais longo, de cerca de 15 anos, no anterior leilão comparável, em 13 de janeiro, foram colocados 750 milhões de euros em OT com maturidade em 12 de outubro de 2035 (cerca de 15 anos) à taxa de juro de 0,319% e a procura atingiu 1.911 milhões de euros, 2,55 vezes o montante colocado.

Já no anterior leilão com um prazo similar a 15 anos, Portugal colocou em 14 de outubro do ano passado 346 milhões de euros em OT a 17 anos à taxa de juro de 0,472%, tendo a procura atingido 793 milhões de euros, 2,29 vezes o montante colocado.

MC // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS