Portugal tem mais mulheres no Governo e parlamento que média da UE

A proporção de mulheres no Governo e no parlamento português supera os 36%, o que coloca Portugal acima da média da União Europeia (UE), de acordo com dados hoje publicados pelo Eurostat, em vésperas do Dia Internacional da Mulher.

Portugal tem mais mulheres no Governo e parlamento que média da UE

Portugal tem mais mulheres no Governo e parlamento que média da UE

A proporção de mulheres no Governo e no parlamento português supera os 36%, o que coloca Portugal acima da média da União Europeia (UE), de acordo com dados hoje publicados pelo Eurostat, em vésperas do Dia Internacional da Mulher.

De acordo com os dados do gabinete oficial de estatísticas da UE, no ano passado 36,4% dos assentos na Assembleia da República eram ocupados por mulheres, o sexto valor mais alto entre os 28 Estados-membros (a par da Dinamarca), enquanto a proporção de mulheres no executivo de António Costa era de 36,1%, o décimo melhor registo na União.

Em termos globais, a média de proporção de mulheres nos 28 governos nacionais queda-se pelos 30,2% e nos parlamentos pelos 29,9%, sublinhando o Eurostat que houve uma evolução desde 2003 (quando os valores médios na UE eram respetivamente de 23 e 21%), mas continua a não haver um único Estado-membro com uma maioria de mulheres no respetivo parlamento nacional.

Os países que mais se aproximam de uma maioria feminina nas respetivas assembleias são Suécia (47%) e Finlândia (42%), enquanto no extremo oposto da lista encontram-se Hungria (13%) e Malta (15%). A nível da proporção de mulheres em cargos ministeriais nos governos nacionais, Espanha e Suécia, ambas com 52%, apresentam os melhores registos, seguidas por França (49%) e Holanda (42%), enquanto Hungria e Malta voltam a ocupar os últimos lugares, com apenas 7% e 12% de mulheres a ocupar cargos ministeriais (ou secretarias de Estado).

Num relatório divulgado dois dias antes de se celebrar o Dia Internacional da Mulher (08 de março), o Eurostat nota ainda que o número de mulheres chefes de Estado ou de Governo também subiu entre 2003 e 2018, apontando que no ano passado havia três chefes de Governo do sexto feminino na UE (11%), enquanto em 2003 não havia nenhuma, mas ressalva que ao longo destes 15 anos “a proporção de mulheres na chefia de governos na UE nunca excedeu os 14%, o que significa que nunca houve mais de quatro mulheres nesta posição simultaneamente”.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS