PM de Cabo Verde espera que novo embaixador reforce relações com a China

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, disse hoje esperar que o novo embaixador de Cabo Verde na China, Arlindo do Rosário, ex-ministro da Saúde, continue a reforçar as relações com aquele país asiático.

PM de Cabo Verde espera que novo embaixador reforce relações com a China

PM de Cabo Verde espera que novo embaixador reforce relações com a China

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, disse hoje esperar que o novo embaixador de Cabo Verde na China, Arlindo do Rosário, ex-ministro da Saúde, continue a reforçar as relações com aquele país asiático.

Em declarações aos jornalistas, na cidade da Praia, após assistir a posse de novas ministras, depois de um reajuste no elenco governamental, o chefe do Governo disse espera que Arlindo do Rosário possa continuar a reforçar as relações económicas e a cooperação com a China.

“A China é um parceiro muito importante de Cabo Verde, que tem provas dadas a nível da cooperação para o desenvolvimento, é um ‘player’ mundial importante e nós estamos todos interessados em reforçar esta boa parceria”, lançou o repto a Arlindo do Rosário, presente na cerimónia, mas que prometeu prestar declarações somente na próxima terça-feira, dia que deverá ser empossado no cargo.

Ulisses Correia e Silva lembrou que o também médico exerceu as funções de ministro da Saúde durante mais de seis anos e nos últimos mais de dois em momentos mais difíceis, por causa da pandemia da covid-19.

“Nós todos vivemos em conjunto a gestão da pandemia e deixa um legado muito importante”, frisou o chefe do Governo, para quem ser embaixador na China é também um cargo importante e de responsabilidade de representação do país.

Instado a pronunciar-se sobre o processo da saída de Arlindo do Rosário para as novas funções, o primeiro-ministro disse que há muito tempo que o Governo estava a trabalhar para ter presentação na China, e o ex-ministro manifestou disponibilidade.

Arlindo Nascimento do Rosário, que era deputado nacional, entrou para o Governo da IX Legislatura, em 2016, após as legislativas de março do mesmo ano que deram vitória ao Movimento para a Democracia (MpD), cargo que reassumiu no ano passado, na X Legislatura.

Licenciado em Medicina, com especialização em Pediatria Geral e Curso de Internato Geral, foi ainda delegado de Saúde e diretor do Hospital Regional de Santo Antão, presidente do Conselho de Disciplina da Ordem dos Médicos de Cabo Verde, Pediatra no Hospital Regional de Santo Antão, Delegado de Saúde da Ribeira Grande, Santo Antão, Médico de clínica geral na Delegacia de Saúde da Ribeira Grande, Membro da Comissão Nacional de Medicamentos e Membro da Equipa de Supervisores da Direção-Geral de Saúde.

O ex-ministro vai substituir no cargo Tânia Ramualdo, a última embaixadora de Cabo Verde na China, cuja missão de serviço terminou em 30 de dezembro de 2021 e que desde janeiro é Diretora Nacional da Política Externa.

RIPE // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS