PJ detém quinto suspeito de rede de tráfico de pessoas que operava em Espanha

PJ detém quinto suspeito de rede de tráfico de pessoas que operava em Espanha

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um quinto suspeito em Portugal a juntar a outros quatro portugueses detidos pela Guarda Civil espanhola por tráfico de seres humanos.

Em comunicado, a PJ refere que, no âmbito da Operação Lusar, cujas diligências decorreram a 16 de outubro, foi desmantelada uma associação criminosa que, nos últimos anos, traficou pessoas para exploração laboral e foram detidas cinco pessoas, uma em Portugal e quatro em Espanha.

As detenções foram realizadas após a Guarda Civil e a PJ terem realizado buscas nas zonas de Sabugal, Belmonte, Covilhã e Santa Comba Dão, e em Espanha, na zona de Segóvia.

Os quatro detidos em território espanhol, depois de serem presentes em tribunal, aguardam extradição para Portugal, enquanto o detido em Portugal está em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

A Guarda Civil espanhola já tinha indicado, em comunicado, que tinham sido identificadas cerca de 30 vítimas de origem portuguesa, entre elas uma menor de 16 anos.

Eram sobretudo pessoas que se encontravam a fazer trabalhos agrícolas em Navarra e La Rioja, que estavam em condições precárias e, durante a investigação, tinham sido detidos quatro portugueses em Espanha.

A nota da PJ adianta que a organização criminosa atuava junto das vítimas em Portugal, “a maior parte na zona centro, aliciando-as para atrativos trabalhos agrícolas em território espanhol”.

A PJ define a maioria das vítimas como “pessoas especialmente vulneráveis” devido à sua condição social e psicológica (pessoas sem referências familiares, sem trabalho e com comportamentos aditivos).

“As vítimas eram transportadas para os locais de trabalho, em Espanha, onde não tinham descanso adequado, não recebiam qualquer remuneração, sendo ainda sujeitas a uma alimentação e condições desumanas, ali permanecendo à mercê daquela organização criminosa, que recebia elevados proventos pelos trabalhos”, acrescenta a PJ.

Durante a operação foram encontrados e apreendidos duas caçadeiras, munições, objetos vários e documentos correlacionados com os crimes praticados.

CC (ARP) // HB

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

PJ detém quinto suspeito de rede de tráfico de pessoas que operava em Espanha

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um quinto suspeito em Portugal a juntar a outros quatro portugueses detidos pela Guarda Civil espanhola por tráfico de seres humanos.