Pinto Luz elogia prestação do PSD no debate do programa do executivo

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz elogiou hoje a prestação do partido no debate do programa do Governo, cujas principais intervenções estiveram a cargo do presidente, Rui Rio, e do ex-líder parlamentar Fernando Negrão.

Pinto Luz elogia prestação do PSD no debate do programa do executivo

Pinto Luz elogia prestação do PSD no debate do programa do executivo

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz elogiou hoje a prestação do partido no debate do programa do Governo, cujas principais intervenções estiveram a cargo do presidente, Rui Rio, e do ex-líder parlamentar Fernando Negrão.

“Critico quando e onde o tenho de fazer. Hoje, devo dizer, que apreciei a prestação do PSD no combate e oposição ao Governo socialista”, afirma o vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais na sua página oficial na rede social Facebook.

Pinto Luz salienta que os resultados das últimas legislativas colocam o PSD com o papel de “principal força política da oposição”.

“É fundamental colocar em evidência as enormes fragilidades deste Governo. E são muitas. É este o rumo que deve ser trilhado. Sem concessões a António Costa, que nunca deve alimentar a ilusão de encontrar no nosso partido uma muleta de emergência, à direita, quando lhe faltarem as muletas de esquerda em que se apoiou nos últimos quatro anos”, afirmou.

A primeira intervenção no PSD no debate do programa do Governo na Assembleia da República coube a Rui Rio – recandidato ao cargo de presidente -, que confrontou Costa com a dimensão do seu Governo, a continuidade ou não do ministro das Finanças, a situação na saúde e com dúvidas sobre a concessão da exploração de lítio.

Já a intervenção de fundo do partido, à tarde, ficou a cargo de Fernando Negrão, vice-presidente da Assembleia da República indicado pelo PSD.

Além de Miguel Pinto Luz e de Rui Rio, também o antigo líder parlamentar Luís Montenegro já anunciou ser candidato à liderança do PSD, em eleições diretas a disputar em janeiro e cuja data concreta será fixada num Conselho Nacional, em Bragança, marcado para 08 de novembro.

SMA // ACL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS