Pilotos da Ryanair na Bélgica em greve de 24 a 26 de junho

Os pilotos da companhia aérea Ryanair na Bélgica convocaram uma greve para de 24 a 26 de junho, os mesmos dias da paralisação dos tripulantes de cabine da companhia naquele país europeu.

Pilotos da Ryanair na Bélgica em greve de 24 a 26 de junho

Pilotos da Ryanair na Bélgica em greve de 24 a 26 de junho

Os pilotos da companhia aérea Ryanair na Bélgica convocaram uma greve para de 24 a 26 de junho, os mesmos dias da paralisação dos tripulantes de cabine da companhia naquele país europeu.

O secretário permanente do sindicato belga CNE, Didier Lebbe, disse à agência belga que espera que os pilotos de outras bases europeias da Ryanair se juntem à greve.

A companhia aérea irlandesa vai sofrer uma série de greves a partir da próxima sexta-feira, que unem tripulantes de cabine de Portugal, Espanha, Bélgica, Itália e França.

As tripulações de cabine em Portugal vão parar nos dias 24, 25 e 26 de junho, enquanto em Espanha convocaram greves para o período de 30 de junho a 2 de julho.

Já em Itália haverá uma greve dos pilotos e funcionários da Ryanair e Malta Air em 25 de junho, dia em que param também os tripulantes da Ryanair em França. Neste último país, os tripulantes de cabine associados do SNPNC-FO já estiveram em greve a 12 e 13 de junho.

A tripulação de cabine belga convocou a greve após o fracasso das negociações sobre um novo acordo coletivo.

De acordo com os sindicatos ACV Puls e CNE, as propostas da companhia aérea não estão em conformidade com a legislação laboral belga.

As duas organizações sindicais também denunciam a falta de um departamento de recursos humanos com sede na Bélgica, que esteja atento à legislação social.

A Ryanair não é a única companhia aérea com greves planeadas na Bélgica, tendo os pilotos e tripulantes de cabine da Brussels Airlines também convocado uma greve para entre 23 e 25 de junho.

PD // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS