PEV manifesta pesar e recorda João Semedo como homem profundamente interventivo

PEV manifesta pesar e recorda João Semedo como homem profundamente interventivo

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) manifestou pesar pela morte do antigo deputado e dirigente do BE João Semedo, homem “profundamente interventivo”, destacando a sua determinação e dedicação à área da Saúde.

Lisboa, 17 jul (Lusa) — O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) manifestou hoje pesar pela morte do antigo deputado e dirigente do BE João Semedo, homem “profundamente interventivo”, destacando a sua determinação e dedicação à área da Saúde.


Numa nota enviada à imprensa, o PEV manifestou o seu “profundo pesar” pela morte de João Semedo, que recordou como “um homem profundamente interventivo, quer do ponto de vista político, quer do ponto de vista cívico e deixou inegável marca no seu percurso”.


“O Grupo Parlamentar teve oportunidade de privar diretamente com João Semedo, pelo que destacamos a sua simpatia e simplicidade no trato com as outras pessoas, assim como a sua determinação e dedicação a áreas tão relevantes como a saúde”, referiu o PEV.


O PEV sublinhou que “sempre que a sociedade perde um membro, com esta capacidade de participação, é sempre sentida a sua falta” e endereçou as “mais sentidas condolências à sua família e ao Bloco de Esquerda, partido onde militava”.


João Semedo morreu hoje, aos 67 anos, depois de anos de uma batalha contra o cancro. Foi militante do PCP entre 1972 e 2003, e filiou-se no BE a 04 de abril de 2007.



SF // JPS

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

PEV manifesta pesar e recorda João Semedo como homem profundamente interventivo

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) manifestou pesar pela morte do antigo deputado e dirigente do BE João Semedo, homem “profundamente interventivo”, destacando a sua determinação e dedicação à área da Saúde.