Pensões mais baixas não terão aumento extraordinário em 2023

As pensões de valor mais baixo não vão ter em 2023 o aumento extraordinário que aconteceu ao longo destes últimos anos, disse hoje o ministro das Finanças, Fernando Medina.

Pensões mais baixas não terão aumento extraordinário em 2023

Pensões mais baixas não terão aumento extraordinário em 2023

As pensões de valor mais baixo não vão ter em 2023 o aumento extraordinário que aconteceu ao longo destes últimos anos, disse hoje o ministro das Finanças, Fernando Medina.

“O que acontecerá em 2023 é um aumento regular das pensões”, afirmou Fernando Medina, que está hoje, juntamente com os ministro do Trabalho, Ambiente e Infraestruturas, a detalhar o pacote de medidas de apoio aos rendimentos das famílias para atenuar os efeitos da inflação, estimado em 2.400 milhões de euros em termos de impacto na despesa, aprovado esta segunda-feira em Conselho de Ministros.

Meia pensão em outubro chega a 2,7 milhões de pensionistas

Fernando Medina respondia a uma questão sobre se, com as medidas dirigidas aos pensionistas previstas neste pacote, estes terão em 2023 o aumento extraordinário até 10 euros. “Nos outros anos, como a própria palavra indica, foram aumentos extraordinários”, disse o governante. O pacote de medidas agora aprovado pelo Governo contempla o pagamento, em outubro, de um valor extra equivalente a meia pensão e chegará a 2,7 milhões de pensionistas, a que se somará uma atualização, a aplicar no início de 2023, que vai oscilar entre os 4,43% e os 3,53% consoante o valor da pensão.

Saiba o que tem de fazer para receber os 125 euros anunciados pelo Governo
Se recebe até 2.700 euros brutos por mês tem direito ao apoio anti-inflação de 125 euros anunciado pelo Governo. Para tal, deve atualizar os seus dados no site das Finanças e da Segurança Social. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS