Pedro Marques apela a portugueses que “votem pela Europa e pela democracia”

O cabeça de lista do PS às eleições europeias apelou hoje aos portugueses para saírem de casa e “votem pela Europa e pela democracia”, lembrando o quanto este direito “custou a ganhar”.

Pedro Marques apela a portugueses que

Pedro Marques apela a portugueses que “votem pela Europa e pela democracia”

O cabeça de lista do PS às eleições europeias apelou hoje aos portugueses para saírem de casa e “votem pela Europa e pela democracia”, lembrando o quanto este direito “custou a ganhar”.

“A abstenção é, de facto, o maior adversário dos europeístas e democratas e, por isso, o direito que demorou e custou tanto a ganhar em Portugal deve ser exercido. Esse é o principal apelo aos portugueses hoje: é que votem pela Europa e pela nossa democracia”, advertiu Pedro Marques.

O cabeça de lista socialista falava aos jornalistas após ter exercido o direito de voto, juntamente coma sua mulher Cecília Seixas Pedroza, cerca das 10:30, na Escola o Valbom, em Alcochete, no distrito de Setúbal, revelando que se mantém “confiante”, mas que o apelo ao voto neste momento é o mais importante.

“Não deixem de exercer este direito que é tão importante e foi tão difícil de conquistar”, relembrou, acrescentando que o voto pela Europa fará diferença no país durante os próximos cinco anos.

Pedro Marques adiantou ainda que, por agora vai manter-se em família, mas ao final da tarde seguirá para a sede do PS, no Largo do Rato, e depois para o hotel Altis, onde acompanhará os resultados das eleições.

Cerca de 10,7 milhões de eleitores são hoje chamados a eleger os 21 deputados portugueses ao Parlamento Europeu, numas eleições a que concorrem 17 listas.

Votam para as eleições ao Parlamento Europeu cerca de 400 milhões de cidadãos dos 28 países da União Europeia, que elegem, no total, 751 deputados.

DYBS // PVJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS