PE: Governo prevê PIB se fixe este ano 0,8% acima do nível de 2019

O Governo prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça 5% este ano, fixando-se 0,8% acima do nível pré-pandemia, e suba 3,3% em 2023.

PE: Governo prevê PIB se fixe este ano 0,8% acima do nível de 2019

PE: Governo prevê PIB se fixe este ano 0,8% acima do nível de 2019

O Governo prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça 5% este ano, fixando-se 0,8% acima do nível pré-pandemia, e suba 3,3% em 2023.

Lisboa, 28 mar 2022 (Lusa) — O Governo prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça 5% este ano, fixando-se 0,8% acima do nível pré-pandemia, e suba 3,3% em 2023, impulsionado pelo Programa de Recuperação e Resiliência, segundo o Programa de Estabilidade (PE).

O cenário macroeconómico do PE para o período 2022-2026, divulgado hoje pelo parlamento, aponta para um crescimento de 5% em 2022 e de 3,3% no próximo ano, seguido de uma expansão de 2,6% em 2024 e 2025 e de 2,5% em 2026, conforme o ministro das Finanças, João Leão, havia adiantado na sexta-feira, 25 de março, em conferência de imprensa.

“Para o ano de 2022 prevê-se ainda a continuação de uma forte recuperação da economia portuguesa com um crescimento de 5%. Desta forma, prevê-se que a economia supere o nível pré-pandemia, ficando o PIB 0,8% acima do nível de 2019”, refere o documento enviado pelo Ministério das Finanças à Assembleia da República na sexta-feira, mas só hoje divulgado.

Os 5% agora considerados para 2022 constituem uma revisão em baixa face aos 5,5% que inicialmente o Governo previa para este ano e que já tinha admitido que iria rever, tendo em conta o cenário colocado pela guerra na Ucrânia.

O Governo explica que “o crescimento previsto para 2022 beneficia de uma forte recuperação das exportações, em particular da exportação de serviços que em 2021 ainda se encontrava mais de 20 pontos percentuais abaixo do nível de 2019”, antecipando também um contributo “significativo do investimento, que beneficiará da implementação do Plano de Recuperação e Resiliência e do forte crescimento do investimento público (30%)”.

AAT (LT) // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS