Parlamento português solidário com vítimas de cheias em Timor-Leste

O parlamento português aprovou hoje um voto de pesar pelas vítimas das cheias de abril em Timor-Leste, que fizeram dezenas de mortos e centenas de desalojados na capital, Díli.

Parlamento português solidário com vítimas de cheias em Timor-Leste

Parlamento português solidário com vítimas de cheias em Timor-Leste

O parlamento português aprovou hoje um voto de pesar pelas vítimas das cheias de abril em Timor-Leste, que fizeram dezenas de mortos e centenas de desalojados na capital, Díli.

O voto, apresentado pela comissão parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas, foi aprovado por unanimidade.

“Estas são já consideradas as piores cheias que o país conheceu nos últimos anos, provocando graves danos humanitários e materiais à população de Timor-Leste, merecendo destaque entre a comunidade internacional, saudando-se a pronta disponibilização de ajuda humanitária por parte do Governo português, da União Europeia e das Nações Unidas”, lê-se no texto.

No texto, recorda-se que em 03 e 04 de abril Timor-Leste foi “atingido por chuvas torrenciais que provocaram cheias e deslizamentos de terras, em resultado da passagem do ciclone Seroja”

Timor-Leste foi atingido entre os dias 29 de março e 4 de abril pelo ciclone Seroja, que causou inundações e deslizamentos de terras, com particular expressão na capital Díli e nas zonas baixas circundantes, e provocou pelo menos 36 mortos e uma dezena de desaparecidos.

Chuvas torrenciais e ventos causaram cheias repentinas históricas, que danificaram casas, terrenos agrícolas, e infraestruturas críticas, incluindo linhas elétricas e redes de comunicações, em oito municípios de Timor-Leste.

 

NS (APL) // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS