Parlamento Europeu considera que Turquia continua longe da UE

O Parlamento Europeu considerou hoje que a Turquia continua afastada da União Europeia (UE), pedindo uma mudança de atitude por parte de Ancara face à intenção da Suécia e da Finlândia de aderirem à NATO.

Parlamento Europeu considera que Turquia continua longe da UE

Parlamento Europeu considera que Turquia continua longe da UE

O Parlamento Europeu considerou hoje que a Turquia continua afastada da União Europeia (UE), pedindo uma mudança de atitude por parte de Ancara face à intenção da Suécia e da Finlândia de aderirem à NATO.

Num relatório hoje aprovado por 448 votos a favor, 67 contra e 107 abstenções, os eurodeputados sustentam não poder ser alterada a posição do Parlamento Europeu relativa à suspensão formal das negociações da adesão da Turquia à UE, bloqueadas desde 2018.

Segundo um comunicado, os eurodeputados defendem que uma “colaboração mais estreita entre a UE e a Turquia sobre a política externa e de defesa é essencial” e consideram ainda que não houve qualquer melhoria no que respeita às liberdades fundamentais, a democracia e o Estado de direito na Turquia.

A nota informativa refere que o Parlamento Europeu apela ainda a Ancara a “lidar de boa-fé com os pedidos de adesão à NATO da Suécia e da Finlândia”, acrescentando que, no contexto da invasão da Ucrânia pela Rússia, iniciada em 24 de fevereiro, é essencial que todos os aliados da Organização do Tratado do Atlântico Norte “ajam com previdência e ratifiquem rapidamente os protocolos de adesão de ambos os países”.

A Turquia está a bloquear o processo de adesão da Suécia e da Finlândia à Aliança Atlântica, acusando Estocolmo de apoiar grupos curdos que Ancara considera terroristas.

A unanimidade e a ratificação parlamentar pelos 30 Estados-membros que compõem atualmente a NATO, entre os quais figura a Turquia, são necessárias para permitir a adesão de novos países.

IG // SCA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS