Parlamento debate no dia 01 de junho acolhimento de refugiados ucranianos

A Assembleia da República vai realizar um debate de urgência no dia 01 de junho sobre o acolhimento de refugiados ucranianos por cidadãos russos alegadamente ligados ao regime de Putin, na sequência do caso de Setúbal, foi hoje anunciado.

Parlamento debate no dia 01 de junho acolhimento de refugiados ucranianos

Parlamento debate no dia 01 de junho acolhimento de refugiados ucranianos

A Assembleia da República vai realizar um debate de urgência no dia 01 de junho sobre o acolhimento de refugiados ucranianos por cidadãos russos alegadamente ligados ao regime de Putin, na sequência do caso de Setúbal, foi hoje anunciado.

A marcação do debate de urgência requerido pelo grupo parlamentar do Chega foi anunciado no parlamento pela porta-voz da conferência de líderes, a deputada socialista Maria da Luz Rosinha, no final da reunião de hoje.

Para o dia 01 de junho ficou também agendado o debate sobre a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito, proposta pelo mesmo partido.

O Chega tinha requerido no passado dia 03 de maio a marcação de um debate de urgência na Assembleia da República sobre o acolhimento de refugiados ucranianos “na Câmara Municipal de Setúbal mas um pouco por todo o país”, para que o Governo esclareça se “há associações ou grupos pró-russos” envolvidos.

Em declarações aos jornalistas ainda antes do final da conferência de líderes de hoje, o presidente do Chega, André Ventura, disse esperar “que seja o primeiro-ministro a estar presente” em representação do Governo no debate de urgência.

Na semana passada, o Chega requereu a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito para “averiguar da atuação do Estado português” no acolhimento de ucranianos e esclarecer o eventual envolvimento de associações pró-russas.

FM/ARYL // SF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS