Parlamento ‘chumba’ salvaguardas financeiras propostas por PSD e CDS sobre professores

O parlamento rejeitou, em plenário, todas as normas propostas por PSD e CDS-PP que introduziam condicionantes financeiras à devolução integral do tempo de serviço congelado aos professores.

Parlamento 'chumba' salvaguardas financeiras propostas por PSD e CDS sobre professores

Parlamento ‘chumba’ salvaguardas financeiras propostas por PSD e CDS sobre professores

O parlamento rejeitou, em plenário, todas as normas propostas por PSD e CDS-PP que introduziam condicionantes financeiras à devolução integral do tempo de serviço congelado aos professores.

Lisboa, 10 mai 2019 (Lusa) — A Assembleia da República rejeitou hoje, em plenário, todas as normas propostas por PSD e CDS-PP que introduziam condicionantes financeiras à devolução integral do tempo de serviço congelado aos professores.

As normas, que já tinham sido chumbadas na Comissão de Educação na semana passada, foram hoje avocadas para plenário por PSD e CDS-PP e mereceram votos contra de PS, BE, PCP e PEV, a abstenção do PAN e votos favoráveis das bancadas proponentes.

PSD e CDS-PP pretendiam que a devolução integral do tempo de serviço aos professores ficasse condicionada a variáveis como o crescimento económico e o equilíbrio das finanças públicas.

SMA // LIL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS