Organização da Mulher Moçambicana vê o país como exemplo no equilíbrio de género

A secretária-geral da Organização da Mulher Moçambicana (OMM) considerou hoje que o país é um exemplo em África, na inclusão da mulher nos órgãos de soberania, destacando “avanços” na promoção do equilíbrio e relações de género.

Organização da Mulher Moçambicana vê o país como exemplo no equilíbrio de género

Organização da Mulher Moçambicana vê o país como exemplo no equilíbrio de género

A secretária-geral da Organização da Mulher Moçambicana (OMM) considerou hoje que o país é um exemplo em África, na inclusão da mulher nos órgãos de soberania, destacando “avanços” na promoção do equilíbrio e relações de género.

“A mulher [moçambicana] está em todos os órgãos de soberania e nisso somos os melhores na região de África”, afirmou Mariazinha Niquice, em entrevista à emissora pública Rádio Moçambique.

A Assembleia da República (AR) de Moçambique, o Conselho Constitucional (CC), o Tribunal Administrativo (TA) e a Procuradoria-Geral da República (PGR) são dirigidos por mulheres, o que consubstancia os progressos que a política de género seguida no país está a surtir, acrescentou.

A AR tem como presidente Esperança Bias, o CC, Lúcia Ribeiro, o TA, Lúcia do Amaral, e Beatriz Buchili dirige a PGR.

A secretária-geral da OMM avançou que a mulher está também presente em todas as classes profissionais, ocupando inclusive cargos de direção.

“O progresso na promoção do papel da mulher vê-se em todo o lado, em todos os distritos, incluindo nas zonas rurais. A mulher está presente em todas as atividades”, enfatizou Mariazinha Niquice.

PMA // SB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS