Onze mortos por milícias no nordeste da República Democrática do Congo

Onze pessoas, civis e militares, morreram no sábado, num ataque atribuído a milícias em Ituri, no nordeste da República Democrática do Congo (RDC), revelou fonte local.

Onze mortos por milícias no nordeste da República Democrática do Congo

Onze mortos por milícias no nordeste da República Democrática do Congo

Onze pessoas, civis e militares, morreram no sábado, num ataque atribuído a milícias em Ituri, no nordeste da República Democrática do Congo (RDC), revelou fonte local.

Bunia, República Democrática do Congo, 05 jul 2020 (Lusa) — Onze pessoas, civis e militares, morreram no sábado, num ataque atribuído a milícias em Ituri, no nordeste da República Democrática do Congo (RDC), revelou hoje fonte local.

Militares, polícias e um funcionário da administração contam-se entre as vítimas mortas na “emboscada” a dois veículos na vila de Matete, em Bunia, capital da província de Ituri, segundo o administrador do território Djugu, Adel Alingi Mokuba, em declarações à agência AFP.

“O número de mortos é de onze, incluindo o vice-administrador do território encarregado da economia e finanças, três policias e quatro soldados”, detalhou.

A emboscada está a ser atribuída ao grupo armado Codeco.

Entre outubro e o final de maio, pelo menos 531 civis foram mortos por grupos armados em Ituri, incluindo 375 desde março, segundo a ONU.

Em janeiro, as Nações Unidas já estimavam que 701 pessoas haviam sido mortas nessa região desde dezembro de 2017.

VP // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS