Oficiais de Justiça acusam Governo de

Oficiais de Justiça acusam Governo de “farsa negocial”

O Sindicato dos Oficiais de Justiça acusou hoje o Governo de responder à boa-fé dos trabalhadores com uma “farsa negocial”, dizendo que quer abrir um processo negocial que afinal afirma estar encerrado.

Em comunicado, depois de uma reunião na tarde de hoje no Ministério da Justiça, o SOJ explica que foi convocado para o encontro e que na convocatória constava a abertura de um processo negocial de recomposição da carreira dos Oficiais de Justiça, na contagem do congelamento do tempo de serviço.

De acordo com o comunicado, no entanto, o Governo deixou claro “que não estava ali para negociar” mas sim “para desenvolver toda uma farsa negocial, tendo como objetivo enganar os trabalhadores” e acabando por assumir que não vai alterar o projeto de diploma.

No comunicado o SOJ lembra que na quinta-feira acabou uma greve que devia durar até outubro, devido ao processo negocial a que agora chama “farsa negocial”.

Na quarta-feira, o SOJ tinha anunciado que apresentou uma queixa na Organização Internacional do Trabalho contra o Governo português por os funcionários trabalharem fora do horário normal sem auferirem remuneração e sem valorização.

A abertura do processo negocial era um dos motivos da greve ao trabalho não remunerado convocada pelo SOJ, que começara a 05 de janeiro, com termo a 04 de outubro.

FP // ZO

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Oficiais de Justiça acusam Governo de “farsa negocial”

O Sindicato dos Oficiais de Justiça acusou hoje o Governo de responder à boa-fé dos trabalhadores com uma “farsa negocial”, dizendo que quer abrir um processo negocial que afinal afirma estar encerrado.