OE2023: IL contra “mau orçamento” com “medidas empoladas e maquilhadas”

A Iniciativa Liberal (IL) considerou hoje “mau” o Orçamento do Estado para 2023 (OE2023) por não ter estratégia, visão de futuro nem reformas, criticando “medidas empoladas e maquilhadas” do Governo do PS cujo compromisso é “com a sobrecarga fiscal”.

OE2023: IL contra

OE2023: IL contra “mau orçamento” com “medidas empoladas e maquilhadas”

A Iniciativa Liberal (IL) considerou hoje “mau” o Orçamento do Estado para 2023 (OE2023) por não ter estratégia, visão de futuro nem reformas, criticando “medidas empoladas e maquilhadas” do Governo do PS cujo compromisso é “com a sobrecarga fiscal”.

O discurso de encerramento do debate na generalidade do OE2023 pela IL voltou a ficar a cargo da deputada Carla Castro, que disputa neste momento a liderança do partido com o também parlamentar Rui Rocha.

A liberal considerou que “este é um mau orçamento” e que se fosse um bom documento para Portugal teria de prever “menos saque fiscal no bolso das famílias”, crescimento para as empresas e não esquecer reformas para a saúde ou em soluções para a educação, para a água ou para a justiça.

“E por isso vamos votar contra. Temos de falar do que este orçamento não é. Não é um orçamento com estratégia. Não é um orçamento com visão de futuro. Não é um orçamento com reformas”, criticou.

Com o objetivo de contrariar a ideia defendida pelo Governo de que este é um orçamento de estabilidade, confiança e compromisso, Carla Castro considerou que o OE2023 é de “estabilidade na estagnação, confiança que não nos contam a história toda e “compromisso com a sobrecarga fiscal”.

Para a deputada liberal, este é um orçamento de “enganos” e “medidas empoladas e maquilhadas” e para o qual a IL vai apresentar diferentes propostas de alteração.

“Reitero o equívoco da campanha deste orçamento. Dizem: famílias primeiro, estabilidade, compromisso e confiança. A frase correta é: com este orçamento, o Governo tem a confiança de que a família primeiro vai garantir o compromisso da estabilidade das receitas do Governo”, disse.

JF // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS