OE2021: PCP admite “qualquer sentido e voto” na generalidade

O PCP deixou hoje em aberto a sua posição na votação na generalidade do OE2021, admitindo “qualquer sentido de voto”, e remeteu uma decisão para mais tarde.

OE2021: PCP admite

OE2021: PCP admite “qualquer sentido e voto” na generalidade

O PCP deixou hoje em aberto a sua posição na votação na generalidade do OE2021, admitindo “qualquer sentido de voto”, e remeteu uma decisão para mais tarde.

Lisboa, 13 out 2020 (Lusa) — O PCP deixou hoje em aberto a sua posição na votação na generalidade do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), admitindo “qualquer sentido de voto”, e remeteu uma decisão para mais tarde.

“O PCP admite qualquer sentido de voto. Vamos fazer uma avaliação mais profunda do documento”, afirmou, em conferência de imprensa, na Assembleia da República, o líder parlamentar dos comunistas, João Oliveira, numa “primeira avaliação” ao orçamento, escassas doze de horas depois de ter sido entregue no parlamento.

Nessa análise “mais profunda”, explicou João Oliveira, o partido quer “ver se há correspondência entre os anúncios e intenções e o que consta efetivamente no Orçamento do Estado” e é em função disso que tomará uma decisão.

 

NS // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS