OE2021: Governo afirma que Bloco afastou-se e agora só este partido pode mudar

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares considerou incompreensível a decisão de o BE votar contra o OE e defendeu que novas tentativas de aproximação só se o Bloco as desencadear.

OE2021: Governo afirma que Bloco afastou-se e agora só este partido pode mudar

OE2021: Governo afirma que Bloco afastou-se e agora só este partido pode mudar

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares considerou incompreensível a decisão de o BE votar contra o OE e defendeu que novas tentativas de aproximação só se o Bloco as desencadear.

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares considerou hoje “incompreensível” a decisão de o Bloco de Esquerda votar contra o Orçamento, afastando-se do processo negocial, e defendeu que novas tentativas de aproximação só se este partido as desencadear.

Estas posições foram transmitidas por Duarte Cordeiro em conferência de imprensa, na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, um dia depois de o Bloco de Esquerda ter anunciado que vai votar contra na quarta-feira, na generalidade, a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2021.

Na sua declaração inicial, o membro do Governo classificou como “incompreensível” a posição do Bloco de Esquerda, considerando que essa posição reflete um “afastamento” em relação ao processo negocial para a viabilização do Orçamento.

Interrogado se o Governo aceita prosseguir as negociações com os bloquistas, procurando que esta força política inverta o seu sentido de voto na fase de especialidade, até à votação final global da proposta orçamental, Duarte Cordeiro respondeu: “A posição do Bloco de Esquerda é de quem sai do processo de negociação, de quem se afasta, e não temos mais informação para além daquela que o BE transmitiu”.

“O Bloco de Esquerda, ao decidir votar contra, decidiu também colocar-se do lado de quem não quer este Orçamento viabilizado. Não vai ser pelo Bloco de Esquerda que as respostas que estão neste Orçamento do Estado vão ser discutidas na especialidade. Essa é uma decisão que o próprio Bloco terá de tomar se quer ou não alterar a sua posição e continuar o diálogo”, sustentou o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS