Óbito/Isabel II: Ursula van der Leyen lembra “âncora de estabilidade” em tempos difíceis

A presidente da Comissão Europeia, Ursula van der Leyen, manifestou hoje “profunda tristeza” pela morte da Rainha de Inglaterra, Isabel II, aos 96 anos, considerando que foi uma “âncora de estabilidade” nos tempos mais difíceis.

Óbito/Isabel II: Ursula van der Leyen lembra

Óbito/Isabel II: Ursula van der Leyen lembra “âncora de estabilidade” em tempos difíceis

A presidente da Comissão Europeia, Ursula van der Leyen, manifestou hoje “profunda tristeza” pela morte da Rainha de Inglaterra, Isabel II, aos 96 anos, considerando que foi uma “âncora de estabilidade” nos tempos mais difíceis.

“É com profunda tristeza que tomei conhecimento do falecimento de Sua Majestade a Rainha Isabel II. Foi a chefe de Estado há mais tempo ao serviço do mundo e uma das personalidades mais respeitadas a nível mundial”, escreveu Ursula van der Leyen numa publicação sua conta oficial na rede social Twitter.

Na mesma publicação, a presidente da Comissão Europeia partilhou uma mensagem de condolências endereçada ao Rei Carlos III, que sucede a Isabel II como chefe de Estado do Reino Unido, na qual destaca “a coragem e devoção” da monarca no serviço ao seu país, considerando que se tornou numa “fonte de força para muitos e uma âncora de estabilidade nos tempos mais difíceis”.

“O seu reinado definiu a história do seu país e do nosso continente. Simboliza o melhor do Reino Unido, as suas pessoas e os seus valores”, acrescentou Van der Lyen, considerando, depois, numa nota pessoal, que Isabel II foi uma inspiração ao longo de toda a sua vida.

A Presidente da Comissão Europeia saudou ainda Elizabeth II como “um modelo de continuidade” ao longo da história.

“Testemunhou a guerra e a reconciliação na Europa e fora dela, e as profundas transformações do nosso planeta e sociedades”, disse, desejando ao novo monarca “sabedoria e força para continuar o trabalho” de Isabel II.

A rainha Isabel II morreu hoje aos 96 anos no Castelo de Balmoral, na Escócia, foi anunciado através da rede social Twitter da família real.

“A rainha morreu pacificamente em Balmoral esta tarde. O Rei e a Rainha Consorte permanecerão em Balmoral esta noite e voltarão a Londres amanhã [sexta-feira]”, acrescenta a mensagem, numa referência a Carlos e Camila.

A notícia foi conhecida após membros próximos da família real terem viajado subitamente para Balmoral para estar com a rainha após um comunicado dando conta da preocupação dos médicos com o estado de saúde da monarca de 96 anos.

CFF // APN

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS