Óbito/Eduardo dos Santos: Ministro das Relações Exteriores destaca impacto internacional de ex-presidente

O ministro das Relações Exteriores angolano, Téte Antonio assinalou hoje o impacto internacional da ação do ex-presidente José Eduardo dos Santos, recordando em particular acontecimentos como a batalha de Cuito Cuanavale.

Óbito/Eduardo dos Santos: Ministro das Relações Exteriores destaca impacto internacional de ex-presidente

Óbito/Eduardo dos Santos: Ministro das Relações Exteriores destaca impacto internacional de ex-presidente

O ministro das Relações Exteriores angolano, Téte Antonio assinalou hoje o impacto internacional da ação do ex-presidente José Eduardo dos Santos, recordando em particular acontecimentos como a batalha de Cuito Cuanavale.

“É um dia triste e de consternação para a classe diplomática”, disse o ministro com a pasta da diplomacia, durante as cerimónias fúnebres que se iniciaram esta manhã, e em que recordou o papel de José Eduardo dos Santos nesta área, já que foi o primeiro-ministro das Relações Exteriores de Angola no pós-independência.

As exéquias vão contar no domingo com 21 delegações estrangeiras incluindo vários chefes de estado que já começaram a chegar a Angola incluindo o primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe, e os presidente de Cabo Verde, da Guine Bissau e Portugal, além de outros países africanos.

Uma presença que “Angola agradece por que é nos momentos difíceis que conhece os seus amigos”, realçou Téte Antonio.

O ministro apontou eventos marcantes que se passaram em Angola e nos quais José Eduardo dos Santos teve um papel de relevo, recordando acontecimentos como a batalha de Cuito Cuanavale “que, na verdade, foi uma viragem na África austral e no mundo”.

Para Téte António, José Eduardo dos Santos, foi a pessoa que levou Angola ao reconhecimento da comunidade internacional, numa presidência internacional que ficou marcada pelo papel “que teve na nossa própria região e pacificação da região”, bem como “no acompanhamento das lutas mais difíceis” que se passaram na África Austral como independência da Namíbia e fim do ‘apartheid’ na África do Sul.

“Podemos citar muitos feitos”, declarou, salientando que o ex-chefe de Estado, marcou as relações internacionais na política mundial.

 

RCR // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS