Novo parlamento da Guiné-Bissau toma posse a 18 de abril

Novo parlamento da Guiné-Bissau toma posse a 18 de abril

O presidente da Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau, José Pedro Sambú, disse hoje que a tomada de posse do novo parlamento foi marcada para 18 de abril.

“É a CNE que marca a data para a tomada de posse dos deputados, mas antes de marcar a data viemos aqui para fazer uma concertação junto do presidente da Assembleia Nacional Popular e ficou retido o dia 18 de abril”, afirmou José Pedro Sambu, que falava aos jornalistas após um encontro com Cipriano Cassamá, no parlamento, em Bissau.

Segundo os resultados definitivos das eleições legislativas de 10 de março divulgados pela Comissão Nacional de Eleições, o Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) conseguiu 47 deputados, o Movimento para a Alternância Democrática (Madem-G15) 27, o Partido da Renovação Social (PRS) 21, a Assembleia do Povo Unido – Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB) cinco, e a União para a Mudança e o Partido da Nova Democracia, um deputado, cada um.

Os resultados das eleições, bem como o nome dos deputados eleitos, já foram publicados esta semana no Boletim Oficial (equivalente ao Diário da República).

O PAIGC, a APU-PDGB, a União para a Mudança e o Partido da Nova Democracia assinaram na segunda-feira um acordo de incidência parlamentar e governativa, que lhes permite ter uma maioria de 54 deputados na Assembleia Nacional Popular.

O Madem-G15 e o PRS também assinaram um acordo de incidência parlamentar.

MSE // VM

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Novo parlamento da Guiné-Bissau toma posse a 18 de abril

O presidente da Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau, José Pedro Sambú, disse hoje que a tomada de posse do novo parlamento foi marcada para 18 de abril.