Nenhum país ou região ultrapassa a crise sozinho

O secretário-geral das Nações Unidas disse hoje que nenhum país ou região consegue enfrentar sozinho a crise alimentar e energética, defendendo as parcerias como forma de ultrapassar as dificuldades.

Nenhum país ou região ultrapassa a crise sozinho

Nenhum país ou região ultrapassa a crise sozinho

O secretário-geral das Nações Unidas disse hoje que nenhum país ou região consegue enfrentar sozinho a crise alimentar e energética, defendendo as parcerias como forma de ultrapassar as dificuldades.

“Através de parcerias, podemos fomentar soluções inovadoras e justas e juntos construir um futuro mais justo, verde e equitativo para todos”, disse António Guterres numa mensagem vídeo enviada ao Fórum Eurafrica, que termina hoje em Carcavelos, nos arredores de Lisboa. “O abrandamento económico e o dramático aumento nos preços dos alimentos e da energia fez aumentar a dívida e limita o espaço orçamental” dos países, alertou Guterres, vincando que “nenhuma região e nenhum país pode ultrapassar estes desafios sozinho, [pelo que] a solidariedade é a única maneira” de avançar.

Cerca de 1.500 hectares de área ardida no fogo de Vila Pouca de Aguiar
O incêndio que deflagrou na quarta-feira em Revel, Vila Pouca de Aguiar, já terá queimado “mais de 1.500 hectares”, metade dos quais correspondem a área pinhal adulto (… continue a ler aqui)

Na mensagem, o antigo primeiro-ministro português salientou que defende “um multilateralismo mais inclusivo e uma rede de envolvimento com as organizações regionais, a sociedade civil, o setor privado e as pessoas”.

Antigo primeiro-ministro português salientou que defende “um multilateralismo mais inclusivo e uma rede de envolvimento com as organizações regionais, a sociedade civil, o setor privado e as pessoas”

O Fórum Eurafrica “está alinhado com esta visão”, afirmou, concluindo que “as Nações Unidas estão empenhadas em construir uma cooperação cada vez mais forte com todos os parceiros e organizações regionais”.

Cinco arguidos e mais 1.200 quilos de tabaco apreendidos em operação da GNR
A Guarda Nacional Republicana constituiu na quarta-feira cinco arguidos, com idades entre os 22 e os 38 anos, e apreendeu cerca de 1.280 quilos de tabaco para introdução fraudulenta no consumo no distrito de Lisboa (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS