Navio da Armada portuguesa regressa após três meses de missão no Golfo da Guiné

O Navio da República Portuguesa (NRP) Setúbal chegou hoje a Portugal após terminar três meses de missão no Golfo da Guiné, no âmbito da Iniciativa Mar Aberto, no continente africano, envolvendo ações de patrulha.

Navio da Armada portuguesa regressa após três meses de missão no Golfo da Guiné

Navio da Armada portuguesa regressa após três meses de missão no Golfo da Guiné

O Navio da República Portuguesa (NRP) Setúbal chegou hoje a Portugal após terminar três meses de missão no Golfo da Guiné, no âmbito da Iniciativa Mar Aberto, no continente africano, envolvendo ações de patrulha.

O navio da Marinha foi recebido pelo ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, e pelo Comandante Naval, vice-almirante Alberto Silvestre Correia.

Segundo informação da Armada portuguesa, o NRP Setúbal realizou 1.150 horas de navegação e percorreu 12 mil milhas náuticas (cerca de 22 mil quilómetros), desempenhando missões de cooperação bilateral e multilateral com diversos países do Golfo da Guine´, nomeadamente Guiné-Bissau, Cabo Verde, Costa do Marfim, São Tomé e Príncipe, Angola, Nigéria e Gana.

Entre outras atividades, destacam-se as ações de patrulha com as Marinhas de Espanha, França e Itália, no âmbito do projeto piloto das Presenças Marítimas Coordenadas, e a participação no exercício “Obangame Express”, organizado pelos Estados Unidos da América, entre 14 e 20 de março, em Cabo Verde.

O NRP Setúbal é comandado pelo capitão-de-fragata Artur Dias Marques e possui uma guarnição de 58 militares, incluindo uma equipa de abordagem, uma equipa de mergulhadores, um médico naval e, ainda, um aspirante a oficial da Escola Naval em estágio.

FC // PA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS