Polícia efetua buscas em apartamentos da família de Navalny

A polícia busca efetuou hoje buscas em dois apartamentos onde se encontravam a mulher e o irmão do opositor russo Alexei Navalny, atualmente detido, anunciou hoje Ivan Jdanov, diretor do Fundo de luta contra a corrupção, a organização de Navalny.

Polícia efetua buscas em apartamentos da família de Navalny

Polícia efetua buscas em apartamentos da família de Navalny

A polícia busca efetuou hoje buscas em dois apartamentos onde se encontravam a mulher e o irmão do opositor russo Alexei Navalny, atualmente detido, anunciou hoje Ivan Jdanov, diretor do Fundo de luta contra a corrupção, a organização de Navalny.

A polícia busca efetuou hoje buscas em dois apartamentos onde se encontravam a mulher e o irmão do opositor russo Alexei Navalny, atualmente detido, anunciou hoje Ivan Jdanov, diretor do Fundo de luta contra a corrupção, a organização de Navalny.

De acordo com Liubov Sobol, outro aliado do opositor, também estavam a decorrer buscas nos escritórios da organização, indicou no Twitter.

No imediato, não foi revelado se foram efetuadas detenções.

Estas buscas coincidem com um aumento das tensões internacionais em torno de Navalny. O opositor foi detido em 17 de janeiro no seu regresso à Rússia e proveniente da Alemanha, onde esteve cinco meses em recuperação de um alegado envenenamento por um agente neurotóxico e que atribuiu ao Kremlin.

O Governo da Rússia tem negado qualquer envolvimento no envenenamento.

No passado fim de semana decorreram manifestações em diversas regiões do país para exigir a sua libertação. De acordo com dados da organização não governamental OVD-Info, foram detidos cerca de 3.900 manifestantes, e foram desencadeados pelo menos 15 processos penais, que podem implicar uma pesada condenação. Para o próximo domingo estão previstos novos protestos, de novo não autorizados, e convocados pelos seus apoiantes.

Navalny deverá comparecer em tribunal, em 02 de fevereiro, por alegada violação dos termos de uma condenação a três anos e meio de prisão com pena suspensa emitida em 2014, e que poderá ser convertida em prisão efetiva.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS