“Não me senti em condições de não aceitar o pedido desta vez”

O primeiro-ministro, António Costa, expressou hoje um “agradecimento muito profundo” pelo trabalho que Marta Temido desempenhou como ministra da Saúde, explicando que “desta vez” não se sentiu em condições para recusar o pedido de demissão.

“Não me senti em condições de não aceitar o pedido desta vez”

O primeiro-ministro, António Costa, expressou hoje um “agradecimento muito profundo” pelo trabalho que Marta Temido desempenhou como ministra da Saúde, explicando que “desta vez” não se sentiu em condições para recusar o pedido de demissão.

“Não me senti em condições de não respeitar e não aceitar o pedido desta vez”, respondeu aos jornalistas António Costa, após declaração no pátio da residência oficial, em Lisboa.

“Como é sabido, a doutora Marta Temido entendeu que devia apresentar a sua demissão. Teve a oportunidade de me explicar as razões pelas quais entendia que tinha chegado o momento de cessar funções. Respeito a avaliação que faz, a decisão que tomou”, disse.

O primeiro-ministro expressou “um agradecimento muito profundo ao trabalho que foi desenvolvido ao longo destes anos”.

JF // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS