Moussa Faki Mahamat reeleito presidente da Comissão da União Africana

O chadiano Moussa Faki Mahamat foi hoje reeleito presidente da Comissão da União Africana (UA), renovando o mandato por mais quatro anos com o apoio de 51 dos 55 Estados-membros da organização, anunciou a sua porta-voz.

Moussa Faki Mahamat reeleito presidente da Comissão da União Africana

Moussa Faki Mahamat reeleito presidente da Comissão da União Africana

O chadiano Moussa Faki Mahamat foi hoje reeleito presidente da Comissão da União Africana (UA), renovando o mandato por mais quatro anos com o apoio de 51 dos 55 Estados-membros da organização, anunciou a sua porta-voz.

A eleição realizou-se no primeiro de dois dias da cimeira anual da UA, realizada por videoconferência, e foi anunciada pela porta-voz do antigo primeiro-ministro do Chade, Ebba Kalondo.

“Cinquenta e um dos 55 Estados-membros votaram a favor de um segundo mandato de Moussa Faki como presidente da Comissão da UA”, escreveu a porta-voz no Twitter.

Moussa Faki Mahamat era o único candidato à sua própria sucessão à frente do órgão executivo da União Africana e precisava de pelo menos dois terços dos votos para ser eleito.

A União Africana foi criada a 11 de julho de 2000 para substituir a Organização da Unidade Africana (OUA), fundada a 25 de maio de 1963, e reúne atualmente 55 estados-membros, incluindo os lusófonos Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

MDR (CFF) // HB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS