Moçambique convida petrolíferas russas para concurso internacional de hidrocarbonetos

O Governo moçambicano convidou hoje em Moscovo empresas petrolíferas da Rússia a participarem no sexto concurso internacional de hidrocarbonetos, que será lançado em dezembro, para o desenvolvimento de projetos do setor no país africano.

Moçambique convida petrolíferas russas para concurso internacional de hidrocarbonetos

Moçambique convida petrolíferas russas para concurso internacional de hidrocarbonetos

O Governo moçambicano convidou hoje em Moscovo empresas petrolíferas da Rússia a participarem no sexto concurso internacional de hidrocarbonetos, que será lançado em dezembro, para o desenvolvimento de projetos do setor no país africano.

O presidente do Instituto Nacional de Petróleo (INP) de Moçambique, Carlos Zacarias, disse aos jornalistas que o país estará aberto à avaliação de propostas de concessão de blocos de pesquisa de hidrocarbonetos de empresas russas como Gazprom, Rosnef e Zarubezhneft e de petrolíferas de outros países, que participarem no sexto concurso internacional de hidrocarbonetos.

Zacarias avançou que o país vai continuar a promover as suas potencialidades na área de hidrocarbonetos, principalmente no gás, porque este recurso é importante para a transição energética, dado que é o menos poluente entre os fósseis.

“Já existem áreas predefinidas para o próximo concurso internacional de hidrocarbonetos no país”, afirmou.

Moçambique já conta com a presença de várias multinacionais do setor petrolífero, principalmente na bacia do Rovuma, zona rica em gás natural.

Apesar da crescente pressão internacional para o abandono do uso de combustíveis fósseis, o executivo moçambicano defende que o gás natural será uma fonte crucial para a transição energética por ser o que menos polui entre os fósseis.

Uma delegação do Ministério dos Recursos Minerais e Energia de Moçambique está na Rússia para a reunião plenária do Processo de Kimberley, um mecanismo internacional de controlo do negócio de diamantes, que vai decidir sobre a adesão de Moçambique a esta entidade.

A delegação também tem previstos encontros com empresas russas do setor dos recursos minerais e energia.

 

PMA // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS