Ministro aponta falhas da Europa na interoperabilidade e afasta migração total da bitola

O ministro das Infraestruturas apontou hoje falhas na Europa em matéria de interoperabilidade, mas afastou, para já, uma migração total da bitola ibérica para a europeia face à dimensão do investimento.

Ministro aponta falhas da Europa na interoperabilidade e afasta migração total da bitola

Ministro aponta falhas da Europa na interoperabilidade e afasta migração total da bitola

O ministro das Infraestruturas apontou hoje falhas na Europa em matéria de interoperabilidade, mas afastou, para já, uma migração total da bitola ibérica para a europeia face à dimensão do investimento.

“A organização deste comboio [‘Conecting Europe Express’] mostrou bem as dificuldades que nós ainda temos na Europa em matéria de interoperabilidade. Há um caminho ainda muito longo a ser feito a esse nível”, afirmou Pedro Nuno Santos, que falava aos jornalistas, na Gare do Oriente, em Lisboa, antes da partida do comboio.

A viagem do ‘Conecting Europe Express’, que foi organizada no âmbito do ano europeu do transporte ferroviário, tem hoje início em Lisboa e termina em Paris no dia 07 de outubro.

Contudo, o ministro notou que a transição da bitola ibérica para a europeia, que se relaciona com a largura dos carris e que está também dependente de Espanha, não é o único problema.

Em causa, está, por exemplo, um conjunto de diferenças administrativas, sendo que a Comissão Europeia está a preparar uma proposta para resolver estes obstáculos.

Ainda no que se refere à bitola, o governante adiantou que, até agora, o Governo espanhol não apresentou nenhum plano tendo em vista fazer a migração para a europeia.

“O que era mais inteligente, para nós [Portugal], era fazer uma infraestrutura com bitola ibérica, mas com travessas polivalentes, preparadas para, quando chegar a hora, fazer a migração”, precisou.

Pedro Nuno Santos defendeu ainda que uma migração total significaria um investimento de “dimensão tal” que tiraria disponibilidade financeira para “fazer outras coisas ainda mais importantes” em matéria de ferrovia.

O ‘Conecting Europe Express’ partiu da Gare do Oriente pelas 15:55 e terá a sua primeira paragem na Covilhã.

PE // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS