Migrações: Seis migrantes, incluindo quatro crianças morreram de sede no deserto do Saara

Seis migrantes, incluindo quatro crianças, morreram de sede na parte tunisina do deserto do Saara, perto da fronteira com a Argélia, disse hoje o governador da região de Tozeur, Tunísia.

Migrações: Seis migrantes, incluindo quatro crianças morreram de sede no deserto do Saara

Migrações: Seis migrantes, incluindo quatro crianças morreram de sede no deserto do Saara

Seis migrantes, incluindo quatro crianças, morreram de sede na parte tunisina do deserto do Saara, perto da fronteira com a Argélia, disse hoje o governador da região de Tozeur, Tunísia.

Seis migrantes, incluindo quatro crianças, morreram de sede na parte tunisina do deserto do Saara, perto da fronteira com a Argélia, disse hoje o governador da região de Tozeur, Tunísia. Os migrantes da África subsaariana morreram durante uma onda de calor que atualmente assola a Tunísia e toda a região mediterrânica, indicou Aymen Béjaoui a uma estação de rádio local.

Na Tunísia, as temperaturas atingiram um novo recorde de 50 graus celsius na quarta-feira, de acordo com o serviço meteorológico nacional. As autoridades do país referiram recentemente que estão a atravessar um aumento no número de migrantes de países africanos que tentam cruzar a fronteira da Argélia para a Tunísia com o objetivo de chegar à Europa através do mar Mediterrâneo.

Nas últimas semanas, pescadores tunisianos e autoridades navais recolheram vários corpos de migrantes afogados e resgataram centenas de outros depois de várias embarcações terem naufragado quando tentavam chegar à Europa.

 

LEIA AINDA
Carro abalroado por comboio em Caminha
Jovens morrem colhidos por comboio em homenagem ao irmão colhido dias antes
Tragédia que vitimou três irmãos, entre os 20 e os 29 anos, aconteceu na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, no espaço de sete dias. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS