Migrações: Cerca de 600 marroquinos tentaram entrar em Melilla durante a noite

Cerca de 600 marroquinos tentaram entrar de forma irregular em Melilla durante a madrugada de hoje, com três tentativas de salto da vala em diferentes pontos do perímetro fronteiriço, em que ocorreram lançamentos de pedras e objetos.

Migrações: Cerca de 600 marroquinos tentaram entrar em Melilla durante a noite

Migrações: Cerca de 600 marroquinos tentaram entrar em Melilla durante a noite

Cerca de 600 marroquinos tentaram entrar de forma irregular em Melilla durante a madrugada de hoje, com três tentativas de salto da vala em diferentes pontos do perímetro fronteiriço, em que ocorreram lançamentos de pedras e objetos.

A Delegação do Governo informou que durante a noite, a quinta consecutiva de tensão na fronteira entre Espanha e Marrocos na cidade autónoma, não houve entradas irregulares em Melilla, graças ao trabalho das forças e organismos de segurança do Estado.

Também destacou a colaboração das Forças Armadas que, na sexta-feira, aumentaram o número de efetivos destacados para a fronteira, após um dia de pressão intensiva, que resultou na entrada de 70 marroquinos em diferentes tentativas ao longo de praticamente todo o dia.

Segundo a Delegação do Governo, também houve esta madrugada “participação ativa” das forças de segurança marroquinas na contenção dos imigrantes.

A primeira das tentativas teve lugar pela 01:15, quando um grupo de cerca de 150 marroquinos se aproximou do perímetro pela zona do rio Nano, tendo sido dispersado pelas forças de segurança de Marrocos.

Pelas 02:55, mais 300 marroquinos tentaram entrar pela zona do bairro chinês, uma tentativa abortada pelos agentes marroquinos.

Por último, às 03:55, um grupo de 150 marroquinos aproximou-se da vala pela zona do rio Oro, mas retirou-se devido à presença dos efetivos das forças de segurança marroquinas.

Entretanto, o Ministério do Interior fez um novo reforço dos efetivos das várias forças e organismos de segurança do Estado em Melilla, com 90 agentes, 50 polícias e 40 civis, para continuar a reforçar a proteção da fronteira espanhola.

Em nota de imprensa, o Interior informou que se destacaram hoje 40 novos agentes da Guardia Civil, que chegaram esta manhã à cidade autónoma e se juntam aos 20 guardas civis introduzidos como reforço durante a semana e aos quais se somarão outros 50 agentes da Polícia Nacional.

AH // ACG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS