Merkel defende manutenção de sanções impostas à Rússia em visita à Ucrânia

Merkel defende manutenção de sanções impostas à Rússia em visita à Ucrânia

A chanceler alemã, Angela Merkel, em visita à Ucrânia, defendeu hoje que as sanções impostas à Rússia devido às suas ações na Ucrânia devem manter-se.

Falando após um encontro com o Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, Merkel disse que a Alemanha apoiará a manutenção das sanções da União Europeia à Rússia, impostas por causa do apoio de Moscovo aos rebeldes no leste do território ucraniano, argumentando com a falta de progressos na aplicação do acordo de paz de 2015.

Mais de 10.000 pessoas foram mortas durante combates no leste da Ucrânia que começaram em 2014, algumas semanas após a anexação pela Rússia da península ucraniana da Crimeia.

O acordo de paz assinado em Minsk em 2015 ajudou a reduzir a escala do conflito, mas os combates prosseguiram e o processo para alcançar uma solução política encontra-se num impasse, pelo qual a Rússia e a Ucrânia se culpam mutuamente.

Poroshenko instou a Rússia a retirar as suas forças e armamento do leste da Ucrânia, e a Rússia negou ter forças lá.

ANC // EL

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Merkel defende manutenção de sanções impostas à Rússia em visita à Ucrânia

A chanceler alemã, Angela Merkel, em visita à Ucrânia, defendeu hoje que as sanções impostas à Rússia devido às suas ações na Ucrânia devem manter-se.