Marcelo Rebelo de Sousa abre hoje Fórum Jurídico com presença de Sérgio Moro

O Presidente da República participa hoje na abertura do Fórum Jurídico, na Universidade Clássica de Lisboa, antes da intervenção do ministro da Justiça brasileiro, Sérgio Moro.

Marcelo Rebelo de Sousa abre hoje Fórum Jurídico com presença de Sérgio Moro

Marcelo Rebelo de Sousa abre hoje Fórum Jurídico com presença de Sérgio Moro

O Presidente da República participa hoje na abertura do Fórum Jurídico, na Universidade Clássica de Lisboa, antes da intervenção do ministro da Justiça brasileiro, Sérgio Moro.

A cerimónia de abertura do VII Fórum Jurídico de Lisboa, que aborda a Justiça e a Segurança até quarta-feira, está prevista para as 09:00, após a qual se realiza a primeira conferência, com Sérgio Moro, a partir das 09:45.

O ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil, membro do Governo de Jair Bolsonaro, que tomou posse em janeiro, vai intervir no painel “O Estado democrático de Direito e o combate à criminalidade organizada e à corrupção”.

Ao longo de três dias, serão abordados assuntos relevantes do foro político internacional, entre outros, pelo presidente do senado do Brasil, Davi Alcolumbre, o presidente da câmara dos deputados brasileira, Rodrigo Maia, o presidente do Supremo Tribunal de Justiça de Portugal, João Otávio de Noronha, e o diretor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Pedro Romano Martinez.

As várias conferências irão abordar temas de atualidade, como “Reformas na Justiça, no domínio penal e processual penal”, “Segurança Pública”, “Custos públicos e privados em segurança no Brasil” ou “Execução penal e crise penitenciária”.

A terça-feira, segundo dia, terá como palestrantes o diretor-geral da Polícia Federal no Brasil de 2011 a 2017 e coordenador de Inteligência e Segurança da FGV Projetos, Leandro Daiello, o senador brasileiro António Anastasia e o criminalista Sacha Darke.

O último dia de conferência terá o painel “Redes sociais, Informação e Democracia”, com um painel composto pelo diretor-geral da Impresa, Ricardo Costa, e a diretora da Lusa, Luísa Meireles, entre outros.

Em debate, questões pertinentes dos desafios e limites que se colocam à comunicação social, entre os quais ‘fake news’ e as redes sociais.

JOP // PVJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS