Marcelo realça que incentivou “público específico” de universitários timorenses a visitar Portugal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, realçou hoje que as suas declarações em Díli a incentivar jovens timorenses a visitarem Portugal foram feitas perante um “público específico” de universitários.

Marcelo realça que incentivou

Marcelo realça que incentivou “público específico” de universitários timorenses a visitar Portugal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, realçou hoje que as suas declarações em Díli a incentivar jovens timorenses a visitarem Portugal foram feitas perante um “público específico” de universitários.

Durante uma conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo timorense, José Ramos-Horta, no Palácio de Belém, em Lisboa, a comunicação social perguntou a Marcelo Rebelo de Sousa se considera que as suas palavras em Díli podem ter contribuído para a recente vaga de imigração de timorenses para Portugal.

“Relativamente à questão da mobilidade e daquilo que foi dito aquando da minha visita a Timor-Leste, eu fui muito preciso, falei para estudantes universitários e até acrescentei: mas não venham muitos, venham em fatias moderadas. Eu até disse, ironicamente: se não cria-se um problema em Portugal, financeiro, económico”, respondeu o chefe de Estado.

“Falava para aquele público, aquele destinatário, público específico”, reforçou Marcelo Rebelo de Sousa, referindo-se a declarações que fez em 21 de maio na Universidade Nacional de Timor Lorosa’e durante a sua visita de Estado a Timor-Leste.

Nessa ocasião, o Presidente da República conversou e respondeu a perguntas de um grupo de alunos universitários, deixou-lhes uma série de conselhos para a vida e no fim incentivou-os a estreitarem a sua ligação a Timor-Leste, mas também a Portugal.

“Liguem-se mais a Timor, liguem-se mais à universidade. E a inversa é verdadeira: façam por ter melhores contactos e irem mais a Portugal. Se for preciso uma ajudinha, não vão todos ao mesmo tempo, se não o ministro das Finanças protesta imediatamente, mas vão assim por fatias, vão indo por fatias”, declarou.

O Presidente da República mostrou-se disponível para os receber no Palácio de Belém: “Quando forem, digam”.

IEL // JPS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS